| projeto de reforma

O que é?

Primeiro vamos diferenciar reforma e ampliação. Um projeto de reforma irá modificar fisicamente uma edificação pré-existente sem que haja acréscimo na sua Área Total Construída, diferente do projeto de ampliação, na qual há este crescimento vertical ou horizontal.

Dependendo do programa de necessidades do cliente, ambos podem acontecer simultaneamente (conhecido como Projeto de Modificação e Acréscimo).

É fundamental em um projeto de reforma, destacar o que será mantido, demolido e construído. Existe para isso, algumas diferentes convenções de representação:

Projetos de reformas podem conter também um Projeto de Interiores paralelamente, o que os diferencia é que reformas são as interferências na obra física: como alterações em paredes, aberturas, ampliações ou demolições, e só podem ser feitas por arquitetos e engenheiros (profissionais com diploma legal que os habilitam para propor tais intervenções).

Enquanto Projeto de Interiores, envolve reformulações de layout ou uso, locação de mobiliário, escolha de acabamentos e decoração, podendo ser feito por arquitetos ou designs de interiores (profissionais graduados com conhecimento técnico) e decoradores (profissionais formados em cursos de curta duração ou não).


Etapas

1. Levantamento Métrico e Fotográfico do Espaço: coleta de dados a respeito do tipo de estrutura da edificação, locação dos elementos estruturais, pontos hidráulicos, elétricos e todos os demais componentes construtivos existentes;

2. Briefing: traduzido do inglês, este termo significa ‘‘instruções’’, nada mais é que uma coleta das informações iniciais e diretrizes que irão orientar o desenvolvimento do Projeto. Geralmente é feito a partir de um questionário para investigar as preferências, as necessidades e o perfil de cada usuário, além disso, é interessante que ele mande imagens referenciais do que gosta ou não para embasar a criação de um moodboard. Dessa forma, consegue-se um projeto personalizado com as especificidades de cada cliente.

Também é abordado nesta etapa, o orçamento disponível para investir no ambiente e os prazos acordados para a entrega do projeto, a inicialização e a finalização da obra.

3. Estudo Preliminar: Constitui a configuração inicial da solução arquitetônica de reforma proposta para o espaço, considerando as principais exigências contidas no programa de necessidades elaborado com os dados coletados nas etapas anteriores.

4. Anteprojeto: A partir da aprovação do Estudo Preliminar pelo cliente, determina-se a configuração definitiva do Projeto, na qual apresenta-se todas as especificidades propostas para o ambiente.

5. Projeto Executivo: É o detalhamento do Anteprojeto, com todas as informações necessárias à execução da obra, desde a especificação de cada material, mobiliário, revestimento e quaisquer outro componente proposto, até sua pertinente locação no ambiente, o que será mantido, demolido ou acrescido.

6. Acompanhamentos: é importante a participação do autor do projeto nas compras em lojas e fornecedores, para ajudar na escolha de itens previamente especificados nos detalhamentos ou similares.

Também é fundamental o acompanhamento in loco nas principais etapas da obra até a montagem final para garantir a execução conforme o projeto, esclarecer possíveis dúvidas dos demais profissionais envolvidos na obra e resolver problemas inesperados.


veja os projetos de reforma

© Copyright 2017 - Á R I A arquitetura | Avenida 136, Qd. F4, Ed. Nasa Business Style, Sala B18, St. Sul, Goiânia (GO) | contato@ariaarquitetura.com | + 55 62 99265-7701